terça-feira, novembro 13, 2007

.:Não vá embora:.


John William Waterhouse

Não vá embora...
Fique mais em pouco, fale-me mais de você, sobre a sua vida.
Diga-me como passou o dia, conte-me sobre o seu passado, seus sonhos, objetivos, medos...
Revele-me alguns dos teus segredos.
Fale-me de seus antigos amores.
Convide-me para entrar na sua vida.

Renata Zonatto (17/05/2004)

12 comentários:

Carolzinha disse...

Tá bom, não vou embora!!! rssss
Agora contar de mim... só entrando no meu blog pra saber!!! ;)
Bjinhoss

"Le Fov" disse...

Uma garota em busca do indefinido é sempre algo bonito de se ver.

Valeu pela visita e comentário!

Rosana disse...

Olá, Renata!

Leia nas entrelinhas e saberá mais dos outros do que se perguntasse!

Muito obrigado pela visita e pelos elogios ao meu blog!

Beth disse...

Oi Renata
Obrigada pela visita
adorei teu blog ..... ele é lindo, suave, leve, uma brisa tocando no meu rosto. Adorei tua poesia.
Nossa ... amei ... de verdade !!!
Bjs

Cirilo Veloso disse...

É... aproxime-se.

Transgressor disse...

como disse a Beth:� suave e encantadora!contar meus medos,desejos...olha entrei aqui por causa da AP e a PA (somos todas umas vacas) e me encantei com elas e sempre fico encantado com as pessoas que comparecem por aqui.Um dos meus maiores medos?Parar de transgredir.

*Renata Costa* disse...

Oi chará!

Que bom que vc tbém curte o Ritchie! =)

Valeu pela visita

Baci

Mayka disse...

aí, aí, sonhos, passados, desejos...se eu falasse disso tudo , talvez escrevesse um livro, mas é sempre salutar argumentar sobre esses assuntos. bjcas e obrigada pela visitinha...

Traidor Apaixonado disse...

Se tivéssemos sempre coragem de dizer isso, a vida seria mais simples, nao acha? Beijos!

Poetandariego disse...

posso te dizer palavras cheias de vozes estranhas, metáforas, imágenes, desalientos cotidianos y hasta puédote decir que te doy mi amistad para que la guardes mientras dure la intención de reír, soñar, cantar etc. pero, y si no alcanza mi mano o mis oídos a percir tu canto???

Lu Longarez disse...

eu diria: "se quiser, fica um pouco mais..."
e as pessoas escolhem-se a si, e suas escolhas escolhem-se a elas mesmas!

retribuo-lhe a visita.

Graziela disse...

Adorei o texto e principalmente o blog. Com certeza voltarei, me identifiquei com boa parte dos textos.