terça-feira, setembro 20, 2011

.: De Passagem:.



Ela não podia ser o que as pessoas queriam,
ela não podia ser outra pessoa,
simplesmente porque não podia ser o que não era.
Por que era tão difícil aceitar que ela não era vazia?
Ela tinha sonhos, queria viajar, voar,
ficar perto dos seus amigos, beber até cair...
Ela só queria encontrar alguém que a entendesse, e então,
fugiria de casa.
Poderia vender suas roupas, seus sapatos e alguns livros,
assim iria ter dinheiro suficiente para comprar duas passagens na rodoviária.

Renata Zonatto

10 comentários:

Agostinho Lopes disse...

Que tenhas sempre essas "vontades", como falou mais cedo no "feici", inclusive a vontade de escrever o dia inteiro...

Tinha certeza que seríamos premiados com algo assim como esse post tão "renatazonattano"; único!

Renata! disse...

Obrigada meu amigo! Adorei as palavras!

beijinhos!

Idenir Ramos disse...

Como sempre um eu-poético revestido de infinita pureza colhendo um lirismo suave do cotidiano. Poesia é também orvalho - como disse Manuel bandeira, e esse orvalho nas tuas mãos e muito feminino e terno.
Abraço!

Adao Braga disse...

Tudo planejado. Execute! Conheço lugares lindo para se ir, para se vir!

Rodrigo Passos disse...

"Para se fazer entender, você precisa repetir uma mesma idéia até cansar, por mais óbvia que seja." (Nelson Rodrigues)

Carlos disse...

Quem conhece os homens é inteligente
Quem conhece a si mesmo é iluminado
Vencer os homens é ter força
Quem vence a si mesmo é forte
Quem sabe contentar-se é rico
Agir fortemente é ter vontade
Quem não perde a sua residência, perdura
Quem morre mas não perece, eterniza-se

(Tao Te Ching - Cap 33)

pedemesa disse...

Gata! Procura por "blogspot" no Google! LeveImpressão é o 4 da lista!!! Mas ahhh! Bjão!

Carlos disse...

Pra mim não é o quarto da lista, mas tá na primeira página! Parabéns!

Paloma Machado disse...

Vou recomendar esse blog para todos os meu amigos, suas palavras realmente são postas de uma maneira tão simples que fazem-me parar de respirar por alguns segundos, pensando no que acabei ler. Parabéns!

Os Devaneios de Quimera |g* disse...

Encontrar alguém me entenda!

Minha saga eterna!


Belo post!


=)